quinta-feira, 31 de julho de 2008

mais uma

De tantas maneiras
podemos ser quem somos
mas normalmente
não somos quem somos
mentimos
para fingir quem não somos
e para o mundo
não ver o que somos
é tanta fraqueza
enganar a si mesmo se somos
apenas crianças sozinhas a noite
e nem ao menos sabemos quem somos

Nenhum comentário: