segunda-feira, 12 de setembro de 2011

11/9 - Teorias...

Para não passar em branco, vou dar minha opinião sobre o 11/09/2001.
 
Ao meu ver, analisando fatos, dados, informações, e mais um sem-fim de coisas ligadas ao assunto, fica claro que muita coisa deixou de ser explicada, ou foi explicada de uma maneira que beira o absurdo e que, claramente, subestima a inteligência de grande parte da humanidade.
 
Não precisa ser nenhum gênio para descobrir que a família Bin Laden é mais americana que muitas famílias nativas do lugar. Desde a década de 70 os Bin Laden transitavam livremente dentro dos EUA, sendo responsáveis por grandes contratos com empresas americanas. Além disso, os Bin Laden eram amigos pessoais da família Bush e do grupo Carlyle, onde os Bush possuem fatia generosa do poder acionário.
 
O Grupo Carlyle, para quem não sabe, dentre outras milhões de atividades, possui um braço bastante poderoso no ramo bélico, sendo de seu interesse, uma "guerrinha" para aquecer os negócios novamente.
 
Claro, tem aqueles carinhas super gente-boa que não acreditam na maldade do mundo e que jamais acreditariam que um país matou alguns membros de sua população por uma causa puramente financeira, correto? Para estes, tenho a dizer que isso já aconteceu milhares de vezes na história da humanidade, inclusive na própria história dos EUA, que na década de 60, traçou um plano onde  sacrificaria mais de 2.000, pondo a culpa em Cuba, obtendo os subsídios necessários para uma invasão armada.
 
Por enquanto é isso. Mas recomendo que assistam aos documentários Fahrenheit 11 de Setembro, do Michael Moore e Loose Change, dirigido por Dylan Avery. Garanto que eles poderão colocar algumas belas dúvidas na cabeça.
 
Um quebra-costela buenacho da semana Farroupilha!
 

Nenhum comentário: