quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Detalhes

Eu moro nos detalhes
No jeito que você sorri
No meu cheiro no teu travesseiro
Nas fotos da moldura
Em uma declaração de amor no teu caderno
Na canção que tocam no teu carro
Nas noites frias de inverno
Eu moro nas tuas lágrimas
Eu vivo nos teus olhos
Eu morro nos teus braços
Fico cego na tua alma
Surdo na batida do teu coração
Mudo com teu silêncio
No fim, eu estou nos teus detalhes
Eu estou em você

3 comentários:

Penélope disse...

Me explica de onde sai toda inspiração? Cada palavra que eu leio, é um pensamento diferente. Nunca pude imaginar que fosse profundo em tuas palavras...
Espero que nem tudo seja sentimento real, senão vou cair em lágrimas e risadas!

Beijo

Saulo - O Barbaro disse...

Olha... cada palavra que tenho escrito nos últimos tempos retratam tudo que sinto a cada minuto. Meus sentimentos nunca estiveram tão a flor da pele, tão abundantes e latentes.
Uma mulher fez isso comigo. Não qualquer mulher, a que eu desejo com todas as minhas forças que me ame da mesma maneira que amo ela e que queira ficar comigo para o resto da vida.
Continue lendo o blog, continue lendo os posts e comentando.

Obrigado.

Penélope disse...

É isso que faz valer viver. Curtir todos os momentos, seja com quaisquer que sejam as pessoas.